Batistuta recusa dólares dos árabes

O atacante argentino Gabriel Batistuta - que deve deixar a equipe da Roma ao final do contrato, em junho de 2003 - recusou uma proposta milionária para jogar no futebol árabe. O maior artilheiro da história da seleção argentina com 56 gols vem atravessando sua pior fase no clube italiano, mas mesmo amagando a reserva, recusou uma proposta de US$ 3 milhões por duas temporadas no Al-Wahda, equipe da primeira divisão dos Emirados Árabes.Batistuta disse que se sentiu lisonjeado com a proposta árabe mas respondeu que prefere continuar no futebol europeu. Ele estuda a possibilidade de jogar no Fulham, da Inglaterra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.