Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Bauermann pede para torcida 'esquecer balada' e empurrar Santos contra Bragantino

Equipe recebe o Red Bull Bragantino neste sábado, às 21 horas, na Vila Belmiro, e quer seguir forte em casa

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de junho de 2022 | 17h02

O Santos sabe que não pode desperdiçar pontos em casa no Brasileirão se quiser sonhar por algo na competição. Há três partidas sem triunfo como mandante, o time recebe o Red Bull Bragantino neste sábado à noite, às 21 horas, e o zagueiro Eduardo Bauermann pede para o torcedor esquecer as baladas e ir ao estádio empurrar o time.

"O santista de verdade amanhã vai entrar no 'embalo de sábado à noite', deixar a saída para o barzinho ou jantar de lado para acompanhar o Santos de noite na Vila. Vamos em busca dessa vitória", cobrou o zagueiro Eduardo Bauermann.

O zagueiro apela por arquibancadas cheias na Vila Belmiro para o Santos não ser surpreendido pelo bom momento do Bragantino, que reagiu e vem de boas vitórias contra o Flamengo e Coritiba, além de empate com o Cuiabá.

"Acompanhei os dois últimos jogos do Red Bull Bragantino, onde eles acabaram ganhando. Sabemos que todos os jogos são difíceis, independentemente da fase que o rival esteja. Mas estamos preparados e escutando muito bem as instruções do professor Bustos para fazer um grande jogo amanhã", afirmou Eduardo Bauermann.

Autor de um dos gols na virada sobre o Juventude, por 2 a 1, Bauermann comemorou enfim poder homenagear a filha Jasmim, que nasce em novembro. A alegria não foi completa por causa da lesão do companheiro de defesa Maicon, ausência neste sábado.

"Eu sempre falo que a presença do Maicon é importante demais para todos nós no vestiário, por toda a história de carreira e personalidade que ele tem. É um desfalque importante, mas sabemos que nosso grupo tem ótimas peças para suprir. Velázquez, Luiz, Kaiky e Robson. Qualquer um deles que entrar vai fazer um ótimo trabalho."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.