Bauru na expectativa para o jogo entre Noroeste e São Paulo

Se no ano passado o Noroeste bateu o Corinthians, então o dono do título brasileiro, logo na estréia no Campeonato Paulista, nesta temporada o time de Bauru está ansioso pela expectativa de receber no domingo o São Paulo, atual campeão nacional.O jogo é daqueles que pode se chamar "de seis pontos", já que as duas equipes estão na luta pelas quatro vagas nas semifinais do Paulistão: o Noroeste está em quarto, com 10 pontos, um a menos que o time do Morumbi, terceiro colocado.A nova boa campanha do Noroeste, que terminou o ano passado na quarta colocação, deixou a torcida empolgada. Mais de 100 camisas foram vendidas em poucas horas na loja do clube, e a procura pelos 16.200 ingressos, que estão à venda desde a semana passada, é enorme - 14 mil foram vendidos até o início da tarde desta sexta-feira, e os últimos acabarão, provavelmente, na manhã de sábado.Um forte esquema de segurança será montado para receber o São Paulo. A Polícia Militar fará um cordão de isolamento a 200 metros do Estádio Alfredo de Castilho, e só passarão torcedores com ingresso na mão. São esperados pelo menos seis mil são-paulinos vindos de toda a região. E os membros de torcidas organizadas só poderão usar camisas da agremiação se tiverem sido cadastrados pela Federação Paulista de Futebol (FPF).Em campo, o técnico do Noroeste, Paulo Comelli, ainda não definiu se manterá o esquema 3-5-2, utilizado na derrota por 1 a 0 para o Ituano, quarta-feira passada, quando a equipe perdeu a invencibilidade no Paulistão, ou se voltará a atuar com o 4-4-2 usado nas primeiras rodadas.Se valer a segunda opção, Comelli colocará novamente Edno no meio-de-campo, com a saída de Toninho e o deslocamento de Neílton para a lateral-esquerda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.