Rubens Chiri/Divulgação
Rubens Chiri/Divulgação

Torcida protesta na saída do ônibus do São Paulo em Sorocaba

Cerca de 100 torcedores pediram 'raça' na saída do estádio

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

10 de abril de 2016 | 20h56

Cerca de 100 torcedores do São Paulo protestaram na saída do estádio de Sorocaba onde a equipe foi derrotada pelo São Bento por 1 a 0 neste domingo. Na saída do ônibus que levava a delegação, o grupo hostilizou os jogadores pedindo "raça" e gritando "time sem vergonha". A Polícia Militar impediu que os torcedores se aproximassem do ônibus.

Apesar da derrota, o São Paulo está classificado para a próxima fase. A equipe, no entanto, será visitante no confronto diante do Osasco Audax - o local da partida será definido nesta segunda-feira em reunião na Federação Paulista de Futebol. Neste ano, a equipe ainda não venceu como visitante. Foram três derrotas e sete empates. O técnico Edgardo Bauza reconhece que a campanha está  "abaixo das expectativas". Na classificação geral, o São Paulo aparece apenas na 9ª posição. 

"(O desempenho) está abaixo das expectativas, mas nosso primeiro objetivo era conseguir a classificação", afirmou o treinador em entrevista coletiva.

Antes da partida contra o Osasco Audax, o São Paulo vai enfrentar o River Plate pela Libertadores da América, quarta-feira, às 21h45, pela penúltima rodada da fase de grupos. O São Paulo está em terceiro lugar na chave e corre risco de eliminação. Precisa vencer para manter as chances.


Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.