Robert Michael/AFP
Robert Michael/AFP

Bayern bate Leipzig nos pênaltis em jogo eletrizante e avança na Copa da Alemanha

Equipe bávara supera rival por 5 a 4 nas penalidades, após empate no tempo normal e prorrogação em 1 a 1

Estadão Conteúdo

25 Outubro 2017 | 19h54

Em um jogo eletrizante, nesta quarta-feira, em Leipzig, o Bayern de Munique venceu o RB Leipzig nos pênaltis por 5 a 4 - após empate no tempo normal e prorrogação em 1 a 1 - e avançou às oitavas de final da Copa da Alemanha. O atacante Timo Werner perdeu a última cobrança para o clube da casa, que suportou grande pressão no segundo tempo com um jogador a menos e teve em seu goleiro, o húngaro Gulácsi, o grande nome do duelo.

+ Chelsea triunfa, afunda o Everton e vai às quartas na Copa da Liga Inglesa

+ Napoli bate o Genoa e retoma a liderança na Itália; Juventus goleia e segue em 3ª

A Federação Alemã de Futebol (DFB, na sigla em alemão) deverá realizar o sorteio para os confrontos das quartas de final da Copa da Alemanha nos próximos dias, mas os jogos da etapa seguinte do torneio serão disputados em dezembro.

Atuais campeão e vice do Campeonato Alemão, Bayern de Munique e RB Leipzig fazem boas campanhas nesta temporada na competição nacional (segundo e terceiro colocados, respectivamente) e na Liga dos Campeões da Europa (ambos estão em segundo lugar nos seus grupos).

O RB Leipzig dominou totalmente o primeiro tempo. A equipe da casa pressionou os adversários e teve ótimas oportunidades para abrir o placar. Mas foi o Bayern de Munique quem teve a primeira chance no duelo. Aos 7 minutos, Lewandowski chegou pela direita com perigo. O polonês cruzou, mas o brasileiro Bernardo conseguiu interceptar o passe e evitou a abertura do placar pelos visitantes.

Mas o meia sueco Forsberg, que teve atuação de destaque na primeira etapa, deu muito trabalho à defesa da equipe bávara. Aos 24 minutos, ele fez uma fila na área do Bayern de Munique e bateu para o gol, mas Ulreich conseguiu salvar o chute com o pé.

+ Corte nos EUA anuncia a 1ª sentença de dirigente envolvido no 'caso Fifa'

Só dava RB Leipzig. Aos 32 minutos, o meio-campista Arturo Vidal fez falta em Forsberg na entrada da área. O árbitro marcou pênalti, mas consultou o auxiliar e decidiu voltar atrás na decisão por entender que a falta cometida pelo chileno ocorreu fora da linha divisória. Na cobrança de falta, o mesmo Forsberg acertou o travessão de Ulreich.

O jogo seguiu muito movimentado e o Bayern de Munique teve grande chance de abrir a contagem aos 45 minutos. Lewandowski recebeu na área e tocou para o francês Tolisso. O meio-campista bateu cruzado, mas o goleiro Gulácsi pulou no canto esquerdo e defendeu o chute.

O Bayern voltou para a segunda etapa mais disposto a derrotar o RB Leipzig dentro de seus domínios. O time de Munique dominou os primeiros minutos e teve uma vantagem com a expulsão do meio-campista Keita, que recebeu o cartão vermelho por parar uma arrancada de Lewandowski.

O time visitante levou novamente grande perigo ao goleiro do RB Leipzig aos 14 minutos em descida pelo lado esquerdo do ataque com Tolisso. Mas Gulácsi fez grande defesa com os pés e evitou a abertura do placar. Aos 20, Tolisso roubou uma bola no meio de campo, Lewandowski avançou pela direita e bateu cruzado, levando muito perigo para os donos da casa.

Mas quando o RB Leipzig era massacrado pelo Bayern de Munique e parecia não ter mais poder de reação, o atacante dinamarquês Poulsen foi derrubado dentro da área pelo zagueiro Boateng. A jogada ocorreu aos 21 minutos. Na cobrança, aos 22, Forsberg abriu o marcador para o time mandante.

No entanto, o destino quis que o mesmo Boateng - marcado pela falta que resultou no gol adversário - fizesse um cruzamento perfeito na cabeça do meio-campista brasileiro Thiago Alcântara, que empatou a partida para o Bayern de Munique.

O time de Munique continuou em cima do RB Leipzig e teve várias chances de virar o placar. Thiago Alcântara chutou da entrada da área, rasteiro, mas Gulácsi caiu para fazer outra grande defesa. Apesar das investidas, o placar do tempo regulamentar ficou 1 a 1 e as equipes tiveram que enfrentar uma prorrogação.

No tempo extra, o time de Munique manteve a forte pressão sobre os mandantes, mas Gulácsi teve intervenções quase milagrosas para evitar a derrota. Em uma delas, o húngaro salvou no reflexo um chute do brasileiro Thiago. Robben e Lewandowski também criaram e finalizaram jogadas muito perigosas.

O sufoco prosseguiu até o apito final do árbitro e a decisão foi transferida para as penalidades máximas. Dramaticamente, o RB Leipzig foi eliminado na última cobrança, feita pelo atacante Timo Werner. O Bayern de Munique venceu a disputa nos pênaltis por 5 a 4.

Em outras partidas disputadas nesta quarta-feira pela Copa da Alemanha, o Freiburg bateu o Dynamo Dresden, da segunda divisão, por 3 a 1, e o Jahn Regensburg foi goleado pelo Heidenheim por 5 a 2, ambos clubes também da segunda divisão alemã. O Werder Bremen venceu o Hoffenheim por 1 a 0.

OUTROS JOGOS

Mais cedo, outros quatro times garantiram vaga na próxima etapa da Copa da Alemanha. Em Berlim, o Colônia venceu o Hertha Berlin por 3 a 1; o Stuttgart bateu o Kaiserslautern, atualmente na segunda divisão, pelo mesmo placar e também atuando fora de casa. Também visitante, o Nuremberg (da 2.ª divisão) venceu o Osnabrueck (3.ª) por 3 a 2. Já o Wolfsburg triunfou, em seu estádio, sobre o Hannover por 1 a 0.

Mais conteúdo sobre:
Bayern de Munique

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.