Matthias Schrader/AP
Matthias Schrader/AP

Bayern bate Lyon em Munique e fica mais perto da final

Equipe alemã ganha com gol de Robben no segundo tempo e agora joga por um empate na França para avançar

AE, Agência Estado

21 de abril de 2010 | 18h12

O Bayern de Munique deu mais um passo nesta quarta-feira para se aproximar da final da Liga dos Campeões. Em casa, na Allianz Arena, a equipe alemã venceu o Lyon por 1 a 0, com um gol do holandês Robben. Agora, tem a vantagem do empate na partida de volta, na semana que vem, em território francês.

 

Veja também:

BLOG DA LIGA DOS CAMPEÕES - forum Tudo sobre a competição

Um dos maiores vencedores da principal competição europeia, o Bayern tem a chance de conquistar o seu quinto título e se igualar ao Liverpool como o terceiro maior ganhador do torneio. A última taça do time de Munique veio em 2001, sendo que a equipe ainda acumula participações em mais três finais da Liga dos Campeões. O Lyon, por sua vez, disputa uma semifinal inédita para o clube.

Apesar de superior durante todo o jogo, o Bayern teve que passar por um grande obstáculo nesta quarta: a expulsão de Ribéry ainda com 37 minutos do primeiro tempo. O meia francês recebeu o vermelho direto por errar o tempo de bola e pisar sobre o tornozelo do argentino Lisandro López. A expulsão foi muito contestada pelo time alemão.

Mas o Bayern não perdeu o ímpeto de conquistar a vitória em casa. Depois de recuar um pouco no final do primeiro tempo, no único momento em que o Lyon chegou a ter o controle do jogo, o time alemão voltou animado para a segunda etapa, quando começou a brilhar a estrela de Robben. Para ajudar, Toulalan recebeu o segundo cartão amarelo logo aos nove minutos e também deixou o Lyon com dez.

O time francês, que teve os brasileiros Cris e Ederson como titulares - Michel Bastos ainda entrou no segundo tempo -, virou presa fácil para o Bayern, que assustava com ataques rápidos e chutes de fora da área. Em um deles, Robben fez o gol do triunfo. Aos 24 minutos, ele bateu forte de longe e a bola ainda desviou de leve em Müller para enganar o goleiro Lloris.

Agora, as equipes voltam a se enfrentar na próxima terça-feira, no Estádio Gerland, em Lyon. O Bayern não poderá contar com Ribéry, suspenso, mesmo caso de Toulalan para o time francês. Quem avançar encara na decisão o vencedor do confronto entre o atual campeão Barcelona e a Internazionale de Milão, que venceu o jogo de ida, na Itália, por 3 a 1.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.