Tobias Hase/EFE
Tobias Hase/EFE

Bayern bate Manchester City e lidera grupo; Napoli vence

Equipe alemã tem 100% de aproveitamento na competição

AE, Agência Estado

27 de setembro de 2011 | 17h58

MUNIQUE - Os times mandantes se deram bem na segunda rodada do Grupo A da Liga dos Campeões da Europa, o considerado "grupo da morte" da principal competição de clubes do continente. Nesta terça-feira, mostrando força diante de seus torcedores, Bayern de Munique e Napoli derrotaram Manchester City e Villarreal, respectivamente, pelo mesmo placar: 2 a 0.

Assim, o time da Alemanha segue na liderança isolada da chave com seis pontos e 100% de aproveitamento até o momento. A segunda colocação é da equipe da Itália, que chegou a quatro. Na sequência vem os ingleses, com um, e os espanhóis estão na lanterna, ainda sem pontuar. Na próxima rodada, marcada para o dia 18 de outubro, haverá o duelo entre líder e vice-líder, em Nápoles. Manchester City e Villarreal se enfrentam na Inglaterra.

Na Allianz Arena, em Munique, o Bayern não deu qualquer chance ao Manchester City. Para chegar à sua 10.ª vitória consecutiva nesta temporada - contando também o Campeonato Alemão e a Copa da Alemanha -, o time da casa contou mais uma vez com o faro de artilheiro do centroavante Mario Gomez, autor dos dois gols da partida.

No primeiro, aos 37 minutos da primeira etapa, Mario Gomez estava no lugar certo para aproveitar um rebote na linha da pequena área depois que o goleiro Joe Hart, do Manchester City, já havia feito duas defesas à queima-roupa. No segundo, pouco antes do intervalo, dentro da pequena área pelo lado esquerdo, pegou outra bola rebatida pelo arqueiro inglês para definir o placar.

Já no estádio San Paolo, em Nápoles, o Napoli decidiu o jogo em um intervalo de apenas três minutos. Aos 14, abriu o placar em um belo gol do meia eslovaco Marek Hamsik, que pegou de primeira, com a perna esquerda, um cruzamento da direita feito pelo argentino Lavezzi. O chute cruzado, no canto esquerdo do gol do Villarreal, deixou o goleiro Diego López sem chance de defesa.

Três minutos depois, a zaga da equipe espanhola falhou e Lavezzi entrou em velocidade na área pelo lado esquerdo. Atabalhoado, o zagueiro Zapata não conseguiu tirar a bola e derrubou o argentino. Pênalti marcado e cobrado com perfeição pelo centroavante uruguaio Edison Cavani no canto esquerdo baixo de Diego López. Esse é o segundo gol do atacante na Liga dos Campeões e o quinto na temporada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.