Uwe Anspach/EFE - 16/12/2012
Uwe Anspach/EFE - 16/12/2012

Bayern confirma contratação de Götze, do Borussia Dortmund

Clube confirmou no Twitter que o meia vai se juntar ao elenco no dia 1.º de julho

AE-AP, Agência Estado

23 de abril de 2013 | 09h40

BERLIM - O meia Mario Götze vai deixar o Borussia Dortmund após o encerramento da temporada 2012/2013 do futebol europeu e se transferir para o Bayern de Munique. A transação foi confirmada nesta terça-feira pelos dois clubes alemães. O Dortmund explicou que Götze e o seu empresário, Volker Struth, informaram o clube há poucos dias que o jogador ia fazer valer a cláusula que rescinde o seu contrato com o pagamento da multa.

Assim, Götze estará livre a partir do dia 1.º de julho. A direção do Dortmund lamentou a saída de um dos seus principais jogadores, mas não criticou a postura dele e do seu agente. "É claro que estamos muito desapontados, mas a forma que Mario e seu agente se comportaram foi absolutamente correta em relação ao contrato", disse Hans-Joachim Watzke, chefe-executivo do Borussia Dortmund.

O Bayern confirmou no Twitter que Götze vai se juntar ao clube no dia 1.º de julho. O Dortmund, campeão do Campeonato Alemão nas duas temporadas anteriores, disse em seu site oficial que ainda não tinha falado sobre o assunto com dirigentes do Bayern, que recentemente se coroou campeão alemão.

O clube afirmou que está concentrado na partida de quarta-feira com o Real Madrid pelas semifinais da Copa dos Campeões da Europa, e pediu para que os torcedores continuem apoiando o jogador como fazem com todos os outros até o fim da temporada. Porém, a página do Facebook de Götze já foi alvo de ataques verbais de torcedores decepcionados.

O anúncio vem em péssima hora para o Dortmund, mas também desvia a atenção das revelações do fim de semana de que o presidente do Bayern, Uli Hoeness, é alvo de uma investigação sobre evasão fiscal.

A confirmação da transferência de Götze para o Bayern aconteceu após o jornal Bild informar que o Bayern iria pagar a cláusula de rescisão, que seria de 37 milhões de euros, de acordo com o diário. Já segundo a revista Kicker, a multa é de 38 milhões de euros.

Assim, a transferência deve superar a maior transação da história do futebol alemão, de 2009, quando o Bayern pagou 30 milhões de euros para tirar Mario Gomez do Stuttgart em 2009. Antes de contratar Götze, o clube já havia anunciado a chegada do técnico Pep Guardiola para a próxima temporada. O treinador se consagrou pelo Barcelona, adversário do time nas semifinais da Copa dos Campeões, e voltará ao futebol, após um ano afastado, no Bayern.

Götze fez a sua estreia pelo Dortmund em novembro de 2009, aos 17 anos, e se tornou titular na temporada seguinte, quando contribuiu para a conquista do título do Campeonato Alemão, com seis gols e 15 assistências em 33 partidas disputadas no torneio.

Na temporada seguinte, Götze ficou meses afastado dos gramados por causa de uma lesão, mas mesmo assim teve boa participação na conquista do bicampeonato nacional. O meia já marcou 10 gols e deu 12 assistências em 28 jogos no Campeonato Alemão, além de ter feito dois e ter dado seis passes decisivos na Copa dos Campeões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.