Andy Rain/EFE
Andy Rain/EFE

Bayern de Munique barra dois jornais por críticas a Schweinsteiger

Daily Mirror e The Sun não poderão entrar no Allianz Arena no jogo contra o Manchester United

Agência Estado

03 de abril de 2014 | 16h37

MUNIQUE - O Bayern de Munique condenou as manchetes de dois jornais britânicos no dia seguinte ao empate da equipe por 1 a 1 com o Manchester United, na Inglaterra, no jogo de ida das quartas de final da Liga dos Campeões da Europa, e decidiu repreendê-los, os impedindo de entrar na Allianz Arena na partida de volta ao negar o credenciamento de seus jornalistas.

Na última terça-feira, o volante Bastian Schweinsteiger fez o gol do Bayern na partida, realizada no Old Trafford, mas posteriormente acabou sendo expulso após cometer falta no atacante Wayne Rooney, do Manchester United. No dia seguinte, os jornais Daily Mirror e The Sun usaram a palavra "schwein", que significa porco em alemão, para fazer um trocadilho e criticar o jogador do Bayern.

Diante disso, o clube alemão condenou a postura dos dois jornais e avisou que não vai credenciá-los para o duelo de volta. "O Bayern de Munique não dará credenciais aos representantes do Daily Mirror e do The Sun para o jogo de volta em 9 de abril", avisou, em comunicado.

"Depois do primeiro jogo ambos os jornais ingleses informaram sobre o nosso jogador Bastian Schweinsteiger de forma discriminatória e pessoalmente insultuosa. O Bayern de Munique não aceita este tipo de comentário e o condena fortemente", concluiu o clube alemão para justificar a sua ação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.