Bayern de Munique contrata volante peruano de 13 anos

Pier Larrauri é volante e vai defender o time alemão a partir de agosto deste ano, até se profissionalizar

26 de julho de 2007 | 16h55

Pier Larrauri, de 13 anos, jovem volante de um time chamado Esther Grande de Bentín, no Peru, está realizando o sonho que muitos jogadores passam a vida tentando: ir jogar num grande clube da Europa. O clube em questão é o Bayern de Munique, que acertou a contratação do jovem volante ofensivo, nesta quinta. O acerto foi facilitado com o fato de Larrauri ter nascido em Siena, na Itália, e ser filho de pai italiano com mãe peruana, tendo a cidadania européia e quase nenhuma burocracia para jogar na Alemanha. Os valores não foram divulgados, mas o garoto viaja na semana que vem acompanhado do pai para começar a treinar no time de Munique. Ele terá toda a assistência do time e assinará um contrato assim que se tornar maior de idade e puder se profissionalizar.A chance no time alemão surgiu após ser observado por olheiros em um campeonato amador no Peru, onde foi um dos destaques. Ele se juntará à galeria com outros peruanos que já defenderam o Bayern, como o atacante Claudio Pizarro (atualmente no Chelsea) e Paolo Guerrero (atualmente no Hamburgo).Para a imprensa peruana, o jovem jogador é um "novo Messi", numa comparação com a trajetória do meia-atacante argentino que chegou à Espanha com a mesma idade e hoje é titular do time catalão, e o "futuro melhor jogador do mundo". Aliás, o próprio Larrauri diz ter como ídolos o próprio Messi, além do brasileiro Ronaldinho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.