Malte Christians/EFE
Malte Christians/EFE

Bayern de Munique empata com Werder em casa

É o segundo tropeço do time alemão em duas partidas; Zé Roberto fez gol nos 4 a 1 para o Hamburgo

AE, Agência Estado

15 de agosto de 2009 | 12h57

O Bayern de Munique voltou a tropeçar no Campeonato Alemão neste sábado. Depois de empatar com o Hoffenheim na estreia, o time de Munique não passou do 1 a 1 com o Werder Bremen, jogando diante de sua torcida, e somou o seu segundo ponto na competição.

Veja também:

linkWolfsburg vira jogo e fica na liderança

Alemão 2009/10 - tabela Classificação / Calendário / Resultados

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

O Bayern começou atrás no placar. Ozil marcou para o Werder aos 38 minutos de jogo, após jogada de Hunt pela esquerda. O resultado desfavorável irritou a torcida, que vaiou os jogadores ao final do primeiro tempo.

Disposto a empatar o jogo, o Bayern voltou mais agressivo na segunda etapa e criou mais chances de gol. Olic esteve perto de igualar o marcador em duas boas oportunidades, mas parou nas mãos do goleiro Wiese. O empate só veio aos 27 minutos, com gol de Mário Gomez, que aproveitou cruzamento da direita.

Também neste sábado, o Hamburgo contou com gol do brasileiro Zé Roberto, ex-Bayern, na goleada de 4 a 1 sobre o Borussia Dortmund. Owomoyela, contra, Guerrero e Berg marcaram os outros gols do Hamburgo, que empatou na estreia com o Freiburg.

Teve gol brasileiro na vitória do Stuttgart justamente sobre o Freiburg por 4 a 2. Elson, ex-Palmeiras, marcou duas vezes e contribuiu para o time chegar a sua primeira vitória na competição. Pogrebnyak e Schieber também marcaram pelo Stuttgart.

Já o Hoffenheim segue sem vencer no Alemão. Dessa vez foi derrotado pelo Bayer Leverkusen por 1 a 0. Kiessling marcou o gol da vitória do Leverkusen. Outro ex-palmeirense, Caio, ajudou o Frankfurt a empatar com o Nuremberg por 1 a 1. E o Hannover empatou com o Mainz, que veio da Segunda Divisão, por 1 a 1, com gol de pênalti de Stajner.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.