Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Fabian Bimmer/AFP
Fabian Bimmer/AFP

Bayern de Munique está a uma vitória de conquistar o Campeonato Alemão pela nona vez consecutiva

Equipe busca fechar o título nacional com antecedência para acelerar o processo de renovação do elenco

Redação, O Estado de S.Paulo

07 de maio de 2021 | 20h00

Uma vitória em casa contra o Borussia Mönchengladbach neste sábado dará ao Bayern de Munique o título do Campeonato Alemão pela nona vez consecutiva. A equipe da Bavária não tem concorrentes no país e virou uma equipe praticamente imbatível na Alemanha.

O Bayern quer fechar o título nacional o mais rápido possível, após sua eliminação na Liga dos Campeões da Europa. Com sete pontos de vantagem para o RB Leipzig, segundo colocado, e três partidas pela frente, os bávaros têm o campeonato em suas mãos. De quebra, ainda podem oferecer ao técnico Hansi Flick seu sétimo troféu em menos de duas temporadas antes de deixar o clube, dando lugar para Julian Nagelsmann, de apenas 33 anos.

O Borussia Mönchengladbach, no entanto, não deverá ser um adversário fácil. Sétimo colocada, a equipe busca vaga na próxima Liga Europa.

O fim da temporada marcará o início de uma fase de mudanças no Bayern de Munique. Além do técnico Flick, o Bayern já confirmou a saída de três jogadores, o espanhol Javi Martínez, o alemão Jerome Boateng e o austríaco David Alaba.

A baixa mais recente foi a de Javi Martínez, anunciada nesta semana. O volante de 32 anos conquistou duas Ligas dos Campeões e oito Bundesligas em nove temporadas no clube. O espanhol chegou ao Bayern em 2012, depois que clube pagou ao Athletic de Bilbao 40 milhões de euros, tornando-se a maior transferência na história do futebol alemão na época.

“Foi uma decisão difícil quando contratamos Javi Martínez no verão de 2012 porque a quantia de 40 milhões de euros naquela época era um número recorde para nós. Esta decisão acabou sendo a acertada: Javi Martínez deu à nossa equipe uma enorme qualidade e pessoalmente se encaixou maravilhosamente bem conosco”, disse Karl-Heinz Rummenigge, o gerente geral do clube, no comunicado.

Também neste sábado, o Borussia Dortmund recebe o Leipzig, no que também será um ensaio para a final da Copa da Alemanha, em que os dois clubes se enfrentam no dia 13 de maio em Berlim. O Dortmund busca a classificação para a Liga dos Campeões, cujos benefícios econômicos podem definir o planejamento para os próximos anos após o terremoto em suas contas provocado pela pandemia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.