Bayern de Munique faz 6 a 1 no Werder Bremen e mantém ótima fase

Time bávaro entrou em campo com apenas cinco titulares, sendo três deles do setor defensivo

AE, Agência Estado

23 de fevereiro de 2013 | 14h30

MUNIQUE - O Bayern de Munique deu, neste sábado, mais uma demonstração da sua grande força, que o torna um dos favoritos ao título da Liga dos Campeões, depois de dois vice-campeonatos. Pela 23.ª rodada do Alemão, goleada implacável sobre o Werder Bremen, por 6 a 1. Detalhe: o time bávaro entrou em campo com apenas cinco titulares, sendo três deles do setor defensivo.

Até aqui, o time que passará a ser treinado por Guardiola no meio do ano está tendo um 2013 irrepreensível: sete vitórias em sete jogos. Foram 22 gols marcados e apenas dois sofridos. O Bayern não perde desde o dia 28 de outubro, quando conheceu seu único revés no Campeonato Alemão.

Campanha tão perfeita só poderia deixar o Bayern na liderança isolada do Alemão, com 60 pontos, 18 a mais que o Borussia Dortmund, bicampeão e atual segundo colocado. O Werder, por sua vez, é apenas o 12.º.

Neste sábado, Jupp Heynckes recebeu homenagem por completar mil jogos pelo Bayern como jogador e técnico. E ele decidiu poupar mais de meio time. Bom para Mario Gómez, que fez seu terceiro jogo como titular na temporada e marcou dois gols. Robben, outro que é banco, também deixou o dele. Ribéry e Javi Martínez, os dois armadores da equipe titular que foram mantidos no time, e Gebre Selassie, contra, completaram o placar. De Bruyne fez pelo Werder, que perdeu Prödl, expulso no fim do primeiro tempo.

Outro time que goleou neste sábado foi o Hannover. Recuperando-se da eliminação na Liga Europa, a equipe fez 5 a 1 no Hamburgo, em casa, com gols multiétnicos: do senegalês Diouf, do norueguês Abdellaoue, do marfinense Ya Konan (dois) e do húngaro Huszti. O alemão van der Vaart descontou de pênalti.

Único brasileiro a marcar na rodada foi Naldo. O zagueiro fez o gol do empate do Wolfsburg em 1 a 1 com o Mainz, fora de casa. Depois, viu seu companheiro de defesa, Madlung, ser expulso antes dos 30 minutos do primeiro tempo e ajudou a equipe a segurar a igualdade. Diego e Josué também foram titulares.

Em Stuttgart, o time da casa também ficou no 1 a 1, com o Nuremberg. Já o Augsburg venceu o Hoffenheim por 2 a 1 no confronto entre times da zona de rebaixamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.