Bayern derrota o Wolfsburg e aproveita tropeço do líder

O Bayern de Munique não desperdiçou neste sábado a chance que tinha de colar no líder do Campeonato Alemão. Enquanto o Bayer Leverkusen só empatou por 1 a 1 com o ameaçado Bochum, o time de Munique derrotou o atual campeão Wolfsburg por 3 a 1, fora de casa. Agora, ambos os clubes somam 45 pontos, mas a equipe de Leverkusen leva vantagem no saldo de gols.

AE, Agencia Estado

06 de fevereiro de 2010 | 15h56

Para sair de Wolfsburgo com a vitória, o Bayern inaugurou o marcador logo aos dois minutos de jogo, com o holandês Robben, que recebeu na área e bateu cruzado. Aos 26, foi a vez do zagueiro belga Van Buyten aproveitar cobrança de escanteio e ampliar de cabeça. No segundo tempo, o francês Ribery, vindo do banco de reservas, marcou o terceiro dos visitantes aos 12 minutos.

Apesar de se mostrar recuperado da lesão que o afastou dos gramados por mais de três meses, Ribery quase complicou as coisas para o time de Munique ao cometer um pênalti em Riether. O brasileiro Grafite, destaque na campanha vitoriosa do Wolfsburg na última temporada, foi para a cobrança e viu o goleiro Butt defender. O atacante se redimiu já nos acréscimos e marcou o gol solitário dos anfitriões, que aparecem apenas na 12.ª posição da tabela, com 25 pontos.

VEJA TAMBÉM:
\"lista\" ALEMÃO - Leia mais da competição
\"tabela\" ALEMÃO - Tabela / Classificação
Também neste sábado pelo Campeonato Alemão, o Schalke 04 perdeu a chance de encostar nos líderes, ao empatar sem gols com o Freiburg, que luta contra o rebaixamento. O resultado deixou o time de Gelsenkirchen em terceiro, com 42 pontos. Logo atrás na tabela vem o Hamburgo, com 36 pontos, após empatar por 3 a 3 com o Colonia.

Completando a 21.ª rodada do Alemão neste sábado, o Hoffenheim venceu o Hannover por 2 a 1 e o vice-lanterna Nuremberg ainda recebe o Stuttgart. No domingo, o Mainz encara o Borussia Monchengladbach em casa e o Borussia Dortmund pega o Eintracht Frankfurt em seu estádio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.