Bayern leva clássico com Leverkusen e fica a duas vitórias do título

Com gols de Schweinsteiger e Mandzukic, time bávaro chega aos 71 pontos, e não perde no Alemão há 50 jogos

AE, Agência Estado

15 de março de 2014 | 17h00

MUNIQUE - O Bayern de Munique venceu o Bayer Leverkusen por 2 a 1, neste sábado, em casa, no clássico válido pela 25ª rodada do Campeonato Alemão, e abriu incríveis 23 pontos de vantagem sobre o vice-líder Borussia Dortmund, que horas mais cedo caiu por 2 a 1 diante do Borussia Mönchengladbach, também atuando em seu estádio. O resultado fez o líder disparado Bayern chegar a 71 pontos e 23 vitórias em 25 partidas. Faz 50 jogos no Alemão que o Bayern não perde. Com essa campanha assombrosa, a equipe comandada por Pep Guardiola precisa de apenas mais duas vitórias ou seis empates nos nove jogos que terá pela frente para se sagrar campeã.

Com 48 pontos, o Borussia poderá chegar no máximo a 75. E o Bayern poderá garantir o título já no próximo final de semana, caso o time de Dortmund seja batido pelo Hannover, fora de casa, e o Bayern derrote o Mainz, também longe de seus domínios. Os dois confrontos ocorrerão no próximo sábado.

Atual campeão nacional, o Bayern também acumulou neste sábado a incrível marca de 50 jogos seguidos sem perder no Campeonato Alemão, no qual o Leverkusen acabou estacionando nos 44 pontos, na quarta posição da tabela. No clássico deste sábado, o Bayern de Munique abriu o placar aos 44 minutos do primeiro tempo, quando Schweinsteiger fez cruzamento da direita e encontrou Mario Mandzukic, que cabeceou para as redes.

Já o segundo gol saiu logo aos 6 minutos da etapa final, em linda cobrança de falta de Schweinsteiger, que acertou com categoria o ângulo direito do goleiro adversário. E, nos acréscimos do tempo normal, aos 46, Kiessling descontou o placar para o Leverkusen, mas já era tarde demais para qualquer reação diante do time que está literalmente atropelando nesta edição do Campeonato Alemão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.