Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Bayern mais dependente de Élber

O Bayern de Munique é um time cheio de estrelas. Mas, no momento, a que brilha mais é Élber. O brasileiro voltou a ser decisivo com seus gols e, no espaço de quatro dias, garantiu a liderança em duas competições. No sábado, marcou na vitória por 1 a 0 sobre o Sttutgart, pelo Campeonato Alemão, e levou a equipe a 42 pontos. Na noite de terça-feira, fez o gol no 1 a 0 diante do Spartak Moscou, pela Liga dos Campeões, e manteve o clube na ponta do Grupo C, com 7 pontos e muito próximo das quartas-de-final do torneio continental."Ele é cada vez mais importante para a equipe", elogiou Ottmar Hitzfeld. "É sempre perigoso, tem o faro de gol mais do que apurado", constatou. "Espero que fique conosco por muito tempo ainda."Mais do que constatações, as afirmações de Hitzfeld seriam também uma forma de o clube reafirmar sua intenção de não liberar Élber antes do final de seu contrato, que vai até 2004. A atitude do técnico representa também as "pazes" com o Bayern.No mês passado, o relacionamento, que vem desde 1997 quando saiu do Stuttgart, andou estremecido. E por conta do próprio Élber. O craque paranaense ficou irritado com a lentidão da diretoria na busca de reforços e insinuou que poderia ir embora. Parte da diretoria não gostou da atitude do artilheiro, mas o presidente Franz Beckenbauer entendeu o desabafo como alerta e disse que o Bayern iria investir em contratações de peso.Hitzfeld não quer saber de divergências. No momento, ele apela para união total, para que o Bayern possa, enfim, ganhar de novo a Liga dos Campeões, o que não acontece desde 1976. Dois anos atrás, o time perdeu a final para o Manchester United.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.