Kai Pfaffenbach/ Reuters
Kai Pfaffenbach/ Reuters

Bayern para na defesa do Frankfurt e perde os 100% no Alemão

Mandante, Eintracht segura time de Guardiola em empate sem gols

Estadão Conteúdo

30 de outubro de 2015 | 19h33

Foram 10 vitórias em 10 partidas, até que o líder Bayern de Munique finalmente encontrasse uma equipe capaz de pará-lo no Campeonato Alemão. O surpreendente Eintracht Frankfurt realizou uma partida extremamente correta na marcação, parou um dos principais clubes do mundo na atualidade e segurou um honroso 0 a 0 nesta sexta-feira, em casa, na abertura da 11.ª rodada.

O resultado acabou com os 100% de aproveitamento do Bayern, que não só havia vencido todas as partidas, como também estava acostumado a golear seus adversários. Prova disso eram os 33 gols marcados até esta sexta, que deixavam a equipe com uma média de 3,3 por partida. O que ninguém esperava é que seria o Eintracht Frankfurt, apenas a quinta pior defesa da competição, a conseguir o feito de parar o poderoso ataque bávaro.

Com o empate, o Bayern subiu para 31 pontos, ainda muito à frente do segundo colocado Borussia Dortmund, que tem 23. No dia 7 de novembro, os bávaros recebem o Stuttgart. Já o Frankfurt subiu para 13 pontos, na 11.ª posição, e na próxima rodada encarará o vice-lanterna Hoffenheim fora de casa.

Desde o início do jogo, o Eintracht Frankfurt deu mostras de que não seria facilmente batido pelo Bayern, como boa parte das equipes do Alemão. Aos 10 minutos, o time bávaro chegou pela primeira vez, quando Vidal aproveitou cruzamento de Robben e só não marcou graças à ótima defesa de Hradecky. Mas os visitantes tinham clara dificuldade para se livrar da marcação.

Tanto, que a próxima oportunidade do Bayern aconteceria somente aos 30 minutos, e novamente pelo alto. Desta vez foi Xavi Martínez quem aproveitou cruzamento de Robben e cabeceou com perigo. De resto, a defesa do Frankfurt cumpriu sua tarefa a não permitiu outras oportunidades ao rival.

Somente no início da etapa final, os mandantes vacilaram e quase foram castigados. Na saída de bola, Lewandowski pressionou a zaga e a bola sobrou com Douglas Costa. De frente para o gol, o brasileiro bateu cruzado, mas parou mais uma vez em Hradecky.

O Frankfurt começou a gostar do jogo e também chegou a ter suas chances. Duas delas, praticamente em sequência, sendo a primeira aos oito minutos, quando Boateng apareceu para evitar o gol. No minuto seguinte, Xavi Martínez recuou errado, Stendera aproveitou e bateu. Neuer defendeu.

Mas o domínio era mesmo do Bayern, mesmo que sem brilhantismo, e a equipe criou duas ótimas chances para Lewandowski. Aos 20, Thomas Müller, que entrou no segundo tempo, cruzou na cabeça do centroavante, que mandou para fora. Aos 36, o polonês recebeu lançamento de Robben, mas bateu muito mal. Ele até marcaria aos 44 minutos, mas estava impedido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.