Bayern quer ser clube com mais sócios no mundo

O Bayern de Munique anunciou nesta quinta-feira que está muito perto de se tornar o clube de futebol com maior número de sócios no mundo. De acordo com a equipe alemã, no dia 30 de junho passado estavam associados a ela 217.241 mil pessoas. Dessas, cerca de 30 mil ingressaram apenas na temporada passada.

AE, Agência Estado

25 de julho de 2013 | 15h09

Os alemães não escondem que a meta é assumir a liderança no ranking dos clubes com maior número de sócios. Não há uma listagem oficial, mas o Benfica garante que atualmente ocupa este posto, afirmando ter 224 mil sócios ativos. Com Pep Guardiola numa temporada em que disputará o título do Mundial de Clubes, o Bayern pretende roubar o posto dos portugueses.

Na quinta, a diretoria bávara comemorou o fato de o Bayern ter sido o primeiro clube alemão a superar a barreira dos 200 mil sócios. Nenhum associado recebeu o número 200.000 em sua carteirinha, mas seis dos afiliados ao clube participaram de uma cerimônia especial antes da partida contra o Barcelona, recebendo presentes personalizados.

"Nós do Bayern estamos muito orgulhosos em aumentar tanto o número de sócios no espaço de apenas um ano. Mas isso é apenas um passo para nos tornarmos o maior clube do mundo em número de sócios", disse o presidente do Bayern, Uli Hoeneb.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBayern de Munique

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.