Sven Hoppe/AP
Sven Hoppe/AP

Bayern receberá maior quantia por liberação de atletas para a Copa

Fifa vai distribuir entre os clubes cerca de R$ 188 milhões como compensação pelos jogadores terem atuado no Mundial do Brasil

Estadão Conteúdo

08 de janeiro de 2015 | 14h13

A Fifa anunciou nesta quinta-feira como vai distribuir os US$ 70 milhões (cerca de R$ 188 milhões) previstos aos clubes como compensação por terem liberado jogadores para a última Copa do Mundo, no Brasil. O Bayern de Munique será o clube mais beneficiado, arrecadando US$ 1.734.367.


Segundo um acordo vigente desde 2008 com a Associação Europeia de Clubes (ECA, na sigla em inglês), a Fifa deve utilizar parte do valor arrecadado nos Mundiais para compensar os clubes pela cessão de jogadores. Se em 2010, na África do Sul, a entidade desembolsou US$ 40 milhões, desta vez terá de pagar uma quantia muito maior a 396 clubes de 57 federações nacionais.

O valor a que cada clube tem direito é calculado baseado na quantidade de jogadores cedidos e no número de dias que esses atletas permaneceram no torneio. Esse período é contado a partir de duas semanas antes da abertura da Copa e termina no dia seguinte à eliminação da seleção nacional em questão.

" SRC="/CMS/ICONS/MM.PNG" STYLE="FLOAT: LEFT; MARGIN: 10PX 10PX 10PX 0PX;

Base da seleção alemã, o Bayern de Munique acabou sendo o mais beneficiado por ter muitos jogadores chamados, sendo boa parte deles pela equipe que foi até a final da competição - a Alemanha venceu a Argentina e se tornou campeã.

O clube que receberá o segundo maior valor é o Real Madrid, com US$ 1.297.800. O Chelsea aparece na sequência, com US$ 1.253.233. Completando a lista dos que arrecadaram mais de US$ 1 milhão estão Barcelona, Manchester United, Napoli, Arsenal, Juventus e Manchester City.

Entre os clubes brasileiros, 11 serão compensados pela Fifa pela cessão de jogadores. O Atlético-MG é quem mais receberá, com US$ 300.533, seguido pelo Botafogo, com US$ 218.400, e pelo Palmeiras, com US$ 154.000. Completam a lista de brasileiros beneficiados Fluminense, Santos, Internacional, São Paulo, Vasco, Corinthians, Flamengo e Grêmio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.