Sven Hoppe/Reuters
Sven Hoppe/Reuters

Bayern se despede de ídolos com festa, goleada e recorde de gols de Lewandowski

Goleador polonês chega a 41 gols no nacional e ultrapassa marca de Gerd Müller numa única edição da competição

Redação, Estadão Conteúdo

22 de maio de 2021 | 12h50

A última rodada do Campeonato Alemão foi de enorme festa e emoção para o eneacampeão Bayern de Munique. Com volta da torcida no Allianz Arena, goleada para cima do Augsburg, por 5 a 2, no adeus a Boateng, Javi Martínez e David Alaba. Também foram homenageados o ex-atacante Miroslav Klose, o manager Hermann Gerland, o técnico Hans-Dieter Flick e Tiago Dantas, de volta ao Benfica. Num dia de bela comemoração, o minuto final registrou o 41° gol de Robert Lewandowski na atual edição de Campeonato Alemão, o que o fez superar o recorde da lenda Gerd Müller numa única edição da competição.

O gol do polonês foi a cereja do bolo numa campanha fantástica do Bayern, campeão com 13 pontos de vantagem sobre o RB Leipzig. E coroou o dia de festa dos bávaros, que fizeram questão de reverenciar seus astros. Antes de a bola rolar, Boateng, Javi Martínez e Alaba, que estão deixando o clube, receberam placas comemorativas pelos serviços prestados ao clube.

Gouweleeuw, contra, Gnabry, Kimmich e Coman fizeram o Bayern abrir enorme vantagem no placar, todos marcando no primeiro tempo. Neuer também teve o que comemorar na etapa, pois defendeu pênalti cobrado por Caligiuri. Na fase final, Hahn e Niederlechner ainda descontaram para os visitantes.

A emoção começou, mesmo, aos 15 minutos da etapa final, quando Alaba deixou o campo pela última vez com a camisa do Bayern após 10 anos. Saiu para entrada de Martínez e foi cumprimentado por diversos companheiros. Saiu chorando e aplaudido pela família, presente no estádio. Ele não renovou contrato, assim como Alaba e Javi.

Logo depois foi a vez de enorme festa para Alana, também substituído. Foram 13 anos de clube bávaro e uma saída também festiva. Um reconhecimento que muitos clubes deviam ter com seus comandados.

Faltava Lewandowski fechar o dia perfeito. Ele fez o gol dele ao aproveitar rebote do goleiro, driblando-o e correndo para o abraço do time inteiro. Tirou a camisa, deu soco no ar e escreveu de vez seu nome na história do clube.

Bayern, RB Leipzig, Borussia Dortmund e Wolfsburg já estavam garantidos na Liga dos Campeões. A última rodada do Alemão definiu Eintracht Frankfurt e Bayern Leverkusen na Liga Europa e o rebaixamento do Werder Bremen e Colônia. O Schalke já havia caído.

Confira os resultados: Borussia Dortmund 3 x 1 Bayer Leverkusen, Eintracht Frankfurt 3 x 1 Freiburg, Colônia 1 x 0 Schalke 04, Hoffenheim 2 x 1 Hertha Berlim, Unión Berlim 2 x 1 Leipzig, Stuttgart 0 x 2 Arminia Bielefeld, Werder Bremen 2 x 4 Borussia Mönchengladbach, Wolfsburg 2 x 3 Mainz e Bayern 5 x 2 Augsburg.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.