Ralph Orlowski/Reuters
Ralph Orlowski/Reuters

Bayern sofre, mas arranca vitória heroica sobre o Hoffenheim

Com um a menos, bávaros ainda veem rival perder pênalti no jogo

Estadão Conteúdo

22 Agosto 2015 | 12h33

O Bayern de Munique tinha tudo para sofrer sua primeira derrota no Campeonato Alemão neste sábado. Fora de casa, sofreu um gol logo na saída de bola, ficou com um jogador a menos durante boa parte do segundo tempo e viu o adversário ter um pênalti a favor. Mas na raça, mesmo longe de seus melhores dias, o time bávaro arrancou uma vitória por 2 a 1 sobre o Hoffenheim.

O resultado mantém o Bayern com 100% de aproveitamento após duas rodadas neste início de Alemão. Sábado que vem, tentará manter o embalo diante do Bayer Leverkusen em casa. Já o Hoffenheim ainda não somou pontos no campeonato e buscará a recuperação contra o Darmstadt, também no sábado, fora de casa.

O Bayern mal teve tempo de respirar e já estava perdendo por 1 a 0 neste sábado. Na saída de bola, Alaba recebeu pela esquerda e, pressionado pela marcação rival, errou ao tentar recuar para Boateng. Volland foi esperto, aproveitou o presente e tocou de primeira sob Neuer para abrir o placar aos nove segundos, igualando o gol mais rápido da história do Alemão.

Com a desvantagem precoce, restou aos visitantes atacar, e foi isso que eles fizeram. Depois de perder algumas oportunidades, finalmente empataram aos 40 minutos. Douglas Costa recebeu lançamento longo pela esquerda, pedalou e bateu cruzado. O goleiro espalmou, mas em cima de Müller, que tocou para a rede.

O segundo tempo iniciou novamente com o Bayern pressionando e criando algumas oportunidades. Na melhor delas, Vidal recebeu na intermediária, avançou e arriscou, acertando o travessão. Mas logo tudo mudaria. Aos 27 minutos, o árbitro viu toque de mão de Boateng na barreira, após cobrança de falta, marcou o pênalti e expulsou o zagueiro do Bayern. Polanski bateu firme, no canto esquerdo, mas acertou a trave. A bola ainda tocou o corpo de Neuer na volta, mas não entrou.

Talvez desanimado pelo gol perdido, o Hoffenheim diminuiu o ritmo e permitiu que o Bayern pressionasse mesmo com um a menos. Aos 41 minutos, os visitantes perderam uma série de gols incríveis. Primeiro com Lewandowski, que exigiu defesa incrível de Baumann. Na sequência, o goleiro levou a melhor neste mesmo duelo. Para encerrar, Müller acertou cabeçada no travessão.

Parecia que Baumann havia garantido o empate, mas Lewandowski levaria a melhor no terceiro duelo entre eles. Aos 44 minutos, Douglas Costa fez linda jogada pela direita, foi à linha de fundo e cruzou rasteiro. Götze tentou o toque de letra, mas foi o atacante polonês quem finalizou para a rede.

OUTROS RESULTADOS

Nas outras partidas já encerradas deste sábado pelo Alemão, destaque para a vitória do Bayer Leverkusen por 1 a 0 sobre o Hannover, fora de casa, graças a mais um gol de falta de Calhanoglu. Foi o segundo triunfo da equipe, que divide a ponta da tabela com o Bayern.

O Schalke 04, por sua vez, decepcionou e não passou de um empate por 1 a 1 diante do caçula Darmstadt, em casa. Mesmo resultado do confronto entre Colônia e Wolfsburg e da partida do Eintracht Frankfurt diante do Augsburg.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.