Andreas Gebert/Reuters
Andreas Gebert/Reuters

Bayern sofre, mas bate Augsburg de virada e se aproxima do Dortmund

Fora de casa, equipe de Munique faz 3 a 2 e sobe para 48 pontos, dois atrás do líder

Redação, Estadão Conteúdo

15 de fevereiro de 2019 | 19h52

O Bayern de Munique mais uma vez esteve longe de seus melhores dias, sofreu muito, mas venceu nesta sexta-feira. Na abertura da 22.ª rodada do Campeonato Alemão, a equipe visitou o Augsburg e esteve atrás no placar em duas oportunidade antes de triunfar por 3 a 2, se aproximando do líder Borussia Dortmund.

Com o resultado, o Bayern subiu para 48 pontos, ainda na segunda colocação, a dois do Dortmund, que ainda atua na rodada. Por outro lado, o Augsburg manteve-se na beira da zona de rebaixamento, em 15.º, com 18 pontos, a três do Stuttgart, que hoje disputaria o playoff para manter-se na elite.

Em uma temporada bastante decepcionante, o Bayern voltou a jogar mal e foi surpreendido logo no primeiro minuto em lance de infelicidade de Goretzka. Philipp Max recebeu em profundidade pela esquerda e tentou o cruzamento rasteiro. A bola tocou no meio-campista do time de Munique e tomou o caminho do gol de Neuer.

Também não demorou, porém, para que o empate saísse. Aos 16 minutos, Kimmich avançou pela direita e cruzou para Coman, que finalizou de primeira, com estilo. Seis minutos depois, Ji Dong Won recolocou o Augsburg em vantagem, mas o dia era de Coman, que, nos acréscimos, recebeu de Goretzka e bateu entre as pernas de Kobel.

Embalado pelo empate, o Bayern se mandou para o ataque na etapa final e chegou à vitória com um gol aos sete minutos. Desta vez, Coman foi garçom e tocou na área para Alaba, que finalizou cruzado e selou o placar.

Agora, o Bayern volta as atenções para as oitavas de final da Liga dos Campeões, pela qual encara o Liverpool na terça-feira, fora de casa. Já o Augsburg atua novamente no sábado da semana que vem, dia 23, diante do Freiburg, fora de casa, pelo Alemão.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.