Marc Müller/EFE
Marc Müller/EFE

Bayern vence em reencontro de Guardiola com o Barça

Valorizando a posse de bola, time alemão demonstrou muita superioridade no confronto

AE, Agência Estado

24 de julho de 2013 | 16h01

MUNIQUE - No reencontro de Pep Guardiola com o Barcelona, o novo time do treinador levou a melhor. Nesta quarta-feira, o Bayern de Munique foi superior ao longo dos 90 minutos e venceu novamente a equipe catalã, desta vez em amistoso realizado na Allianz Arena. Philipp Lahm, no primeiro tempo, e Mandzukic, na etapa final, garantiram a vitória dos donos da casa por 2 a 0.

Além do triunfo, o Bayern garantiu o prolongamento da supremacia sobre o Barça. Na temporada passada, os alemães atropelaram os espanhóis nas semifinais da Liga dos Campeões da Europa com duas vitórias categóricas: 4 a 0 em casa, e 3 a 0 na Espanha. Desta forma, o time de Munique chegou à marca de nove gols marcados e nenhum sofrido nas últimas três partidas contra o adversário.

Esta foi a primeira vez que Guardiola enfrentou o Barcelona depois de sua saída no fim da temporada 2011/2012. Foi também o reencontro do brasileiro Thiago Alcantara com o time catalão, de onde saiu para se juntar ao Bayern nesta temporada. Por outro lado, os espanhóis foram comandados pelo auxiliar Jordi Roura, já que o técnico Tito Vilanova deixou a equipe na última semana para tratar do ressurgimento de um câncer e o argentino Gerardo Martino, seu substituto, ainda não chegou.

O que se viu desde o começo do jogo desta quarta foi um Bayern atuando do jeito que Guardiola gosta, pressionando a saída de bola do rival, encurralando-o, e valorizando a posse. Assim, o time alemão marcou seu primeiro gol aos 13 minutos. Ribery recebeu pela esquerda, cruzou e Lahm, baixinho, desviou sobre Pinto.

O Bayern seguia mandando na partida, sem deixar o Barcelona respirar. É bem verdade que os catalães estavam sem os jogadores que disputaram a Copa das Confederações, mas a supremacia alemã voltou a assustar aquele que até pouco tempo atrás era considerado o melhor time do mundo. Ribery seguia infernal pelo lado esquerdo e criou boas chances para Robben e Thomas Müller, que não aproveitaram.

Somente no fim do primeiro tempo o Barcelona levou perigo, quando Rafinha tentou recuar bola cruzada da direita, mas errou e quase marcou contra. A bola foi na trave. Na etapa final, no entanto, o time catalão voltou inteiramente mudado - só Adriano e Tello ficaram em campo -, o que fez com que qualquer tipo de reação fosse por água abaixo.

Com muitos reservas em campo de ambos os lados, o segundo tempo perdeu em qualidade e o clima de amistoso ganhou o confronto. A partida seguiu sem emoção até os 41 minutos, quando Mandzukic fez o segundo. Ele aproveitou cruzamento de Contento, após boa jogada pela esquerda, e tocou para o gol vazio.

MANCHESTER CITY VENCE

Outros times europeus também aproveitaram a quarta-feira para disputar amistosos. Um deles foi o Manchester City, que derrotou o South China por 1 a 0. Em amistoso realizado em Hong Kong, Dzeko, ainda no primeiro tempo, garantiu o triunfo dos ingleses.

BRASILEIRO MARCA EM TRIUNFO DA LAZIO

A Lazio também saiu vencedora em amistoso desta quarta-feira. Com gol do brasileiro Ederson, ex-Lyon, o time abriu caminho para o triunfo sobre o Spezia por 3 a 0. Antonio Rozzi, duas vezes no segundo tempo, completou o placar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.