Bebeto de Freitas deixa o Botafogo

O presidente do Botafogo, Mauro Ney Palmeiro, anunciou esta noite que Bebeto de Freitas não é mais o diretor-executivo do clube. O dirigente disse que não estava satisfeito com o trabalho de Bebeto. "No futebol do Botafogo ele não entra mais", afirmou o presidente. Mauro Ney disse que não ficou satisfeito com os episódios que envolveram o nome do ex-diretor: a saída do lateral-direito Leonardo, transferido para o Vasco, e a negociação para a diminuição do salário do atacante Dodô. Na entrevista coletiva que concedeu hoje à tarde, quando ainda era profissional do clube, Bebeto disse que sua permanência no Botafogo dependia do presidente. "Para quem fez aquele estardalhaço todo para me tirar do Atlético-MG e depois fez uma festa na minha apresentação não dá para entender a postura do Mauro Ney", afirmou Bebeto. "É difícil saber quem é o presidente do Botafogo, porque ele se esconde nos momentos mais difíceis." Bebeto chegou ao clube com a missão de organizar o futebol do Botafogo e ficou somente três meses no Alvinegro.

Agencia Estado,

22 Março 2002 | 19h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.