Ina Fassbender/Reuters - 9/6/2010
Ina Fassbender/Reuters - 9/6/2010

Beckenbauer decide deixar Comitê Executivo da Fifa

Aos 65 anos, ídolo do futebol alemão explicou que pretende passar mais tempo com a família

AE, Agência Estado

11 de novembro de 2010 | 15h23

Lenda do futebol alemão, o ex-jogador e ex-treinador Franz Beckenbauer anunciou nesta quinta-feira que irá deixar o Comitê Executivo da Fifa no ano que vem, quando acaba o seu mandato de quatro anos. Aos 65 anos, ele explicou que pretende passar mais tempo com a família, sem ter que viajar tanto pelo mundo como exige seu cargo na entidade.

Beckenbauer é um dos 24 membros do Comitê Executivo da Fifa, órgão responsável por tomar as principais decisões da entidade. Assim, como uma de suas últimas atribuições, o alemão irá votar na eleição do dia 2 de dezembro, em Zurique, quando serão escolhidas as sedes da Copa do Mundo de 2018 e de 2022.

Recentemente, o Comitê Executivo da Fifa se viu envolvido numa grande polêmica, com a denúncia de que dois de seus membros teriam tentado vender votos na eleição do dia 2 de dezembro - Reynald Temarii e Amos Adamu foram afastados do cargo enquanto o caso é investigado pela entidade.

Mas Beckenbauer explica que sua decisão não tem relação com esse caso. E, disposto a reduzir os compromissos profissionais - no ano passado, deixou a presidência do Bayern de Munique justamente por isso -, ele pede que os colegas da Fifa e da Uefa "entendam" a sua decisão.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFifaBeckenbauer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.