Beckenbauer diz que Ballack não deveria jogar na estréia

Franz Beckenbauer desaconselhou a participação do capitão da seleção alemã, Michael Ballack, na partida inaugural da Copa marcada para a tarde desta sexta-feira (13h, horário de Brasília). "As lesões de panturrilha são arriscadas. É preciso ter muito cuidado porque, se alguma coisa acontecer, a Copa termina para ele.?, disse o ?Kaiser?, nesta sexta, à segunda rede de televisão pública alemã, ZDF.As declarações de Beckenbauer foram feitas depois de o próprio Ballack ter afirmado ao diário Bild que se sentia em forma e pronto para jogar. ?Eu me submeti a um tratamento intenso. Sinto-me em forma, não sinto dores e quero jogar?, cita o capitão da seleção alemã ao diário local. Essas declarações são diametralmente opostas àquelas proferidas pelo treinador da equipe, Jürgen Klinsmann, que horas antes anunciara que Ballack acompanharia a partida de estréia do banco - fato que o Bild interpreta como situação de ?tensão? entre os dois.Para respaldar essa suposição, o jornal ressalta as declarações de Klinsmann emitidas na manhã desta quinta-feira. ?A seleção queria contar com seu capitão, mas os demais jogadores também estão preparados. Para eles se trata de uma motivação adicional. Assim, Michael estará sentado no banco com todos nós?.Por sua parte, Ballack assegura que comunicou ao treinador que já não sentia dores. ?Agora é ele quem deve decidir se me deixa jogar contra a Costa Rica?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.