Beckenbauer diz que crise com Klinsmann está superada

O presidente do Comitê Organizador da Copa do Mundo, o alemão Franz Beckenbauer, deu por encerrado seu conflito com o técnico da seleção alemã Jürgen Klinsmann, a quem criticou duramente por ter faltado ao workshop da Fifa - que contou com a participação de grande parte dos treinadores que estarão no Mundial."Tenho a sensação de que Jürgen viu que sua ausência foi um erro e que subestimou a situação. Para mim o tema está definitivamente liquidado", afirmou Beckenbauer, em artigo publicado nesta sexta-feira pelo jornal alemão Bild.A reconciliação entre Beckenbauer e Klinsmann aconteceu em uma reunião com a chanceler Angela Merkel, na última quarta-feira. "Agora olhamos juntos para frente e pensamos na partida contra os Estados Unidos", revelou Beckenbauer, referindo-se ao amistoso que será disputado na próxima quarta, em Dortmund, na Alemanha.Entretanto, Beckenbauer não deixou de cutucar o elenco alemão em seu artigo. "Na próxima quarta, a equipe tem que mostrar personalidade. Os jogadores deverão lutar. Isso é algo que todos nós esperamos". A Alemanha fará a abertura da Copa do Mundo no dia 9 de junho, em jogo contra a Costa Rica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.