Beckham diz-se arrependido por ter deixado Manchester

O meio-campista David Beckham, atualmente no Milan, deu os primeiros passos na carreira e fez fama atuando no Manchester United. Neste domingo, ele admitiu que ainda se arrepende de ter deixado a equipe inglesa em 2003, quando aceitou uma proposta para fazer parte do time de galácticos do Real Madrid.

AE, Agencia Estado

03 de janeiro de 2010 | 12h35

"Eu adoraria ter ficado no Manchester United por toda a minha carreira e nunca ter saído. Mas as coisas aconteceram de forma diferente. Fui para o Real Madrid e no meu último nos fomos bem sucedidos, foi uma boa época. Mas eu gostaria de ter ficado no Manchester", disse o jogador em entrevista à rede de TV inglesa BBC.

Beckham tornou-se profissional no clube inglês em 1993, aos 18 anos. Ele passou uma temporada emprestado ao modesto Preston North End, até retomar a carreira no Manchester em 1995. Até 2003, quando foi para o Real Madrid, ele conquistou seis Campeonatos Ingleses, duas Copas da Inglaterra, uma Liga dos Campeões e uma Copa Intercontinental.

No clube espanhol, Beckham disputou quatro temporadas e foi campeão nacional uma vez. Ele foi para o Los Angeles Galaxy em 2007, e está emprestado ao Milan pela segunda vez.

No dia 10 de março, Beckham voltará ao estádio de Old Trafford como adversário do Manchester United. Os ingleses recebem o Milan pela fase de oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.