Beckham elogia outros astros do Real

Beckham não é habilidoso apenas dentro de campo ou no marketing. O britânico sabe também ser diplomático. Na entrevista ao canal oficial do Real Madrid, nesta quarta-feira, foi generoso nos elogios a seus novos companheiros. Em sua opinião, todos têm qualidades especiais, que os distinguem dos demais.Ronaldo e Zidane foram os que mereceram mais atenção. Ambos são os melhores do mundo, na análise de Beckham, fã declarado do futebol que apresentam. "Creio que é o melhor do mundo", falou, a respeito do brasileiro. "Desejo ajudá-lo e dar-lhe passes excelentes, para que possa marcar muitos gols", prometeu.Também encheu Zidane de elogios. "Joga futebol como bailarino, pela forma como corre, como controla a bola, como passa, por tudo o que faz", discursou. "É um dos melhores do mundo, senão o melhor", emendou. "Ele controla o ritmo das partidas. Para mim, é incrível."Beckham não esqueceu também de Roberto Carlos, com quem duelou algumas vezes. "É profissional, joga limpo e demonstra ser boa pessoa", afirmou. Já Raúl é "um grande cérebro" para o futebol e Figo, também um dos melhores do mundo. "Disseram que eu viria para tirar o lugar dele. Nem pensar. Será uma honra jogar ao lado dele", garantiu.Estrelas - Vários dos craques incensados por Beckham se reencontraram nesta quarta-feira, no Porto, para jogo beneficente da Unicef. Figo, o anfitrião, devolveu os elogios e disse que a contratação do inglês será "benéfica" para o Real Madrid. Ronaldo voltou a dizer que, com o novo reforço, o time "será ainda mais forte".O jogo reuniu astros do futebol internacional, além do piloto alemão Michael Schumacher, que doaram cachê e arrecadação para obras da entidade controlada pela Onu. O time da Fundação Luís Figo foi dirigido por Felipão, técnico de Portugal. A equipe rival teve no comando o futuro técnico do Real Madrid (o português Carlos Queiróz) e ex-treinador da equipe espanhola (Vicente Del Bosque).O jogo foi 5 a 5. Para o time de Figo marcaram Raúl, Ronaldo e Pauleta (3). Para a Unicef fizeram Sérgio Conceição, Salgado, Zidane, Van Nistelroy e Campbell, contra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.