Beckham pode comprar time americano de futebol

Meia inglês pode se tornar dono do próprio Los Angeles Galaxy, após o término de seu contrato, em 2011

EFE

21 de março de 2008 | 09h46

À medida que se aproxima a nova temporada da Liga Profissional de Futebol (MLS) americana, a indústria de promoção de imagem do astro inglês David Beckham já está trabalhando e a novidade é que ele poderia ser dono de sua atual equipe, o Los Angeles Galaxy. Veja também: Futuro da MLS inclui mais jogadores estrangeiros Beckham se diz honrado por premiar Pelé nos Estados UnidosBeckham, que chegou ano passado no Galaxy para assinar um contrato para cinco temporadas no valor de US$ 30 milhões (cerca de R$ 52,2 milhões), também tem uma cláusula no acordo que permitiria a ele, se quisesse, comprar a equipe. Pelo menos isso é o que vai ser apresentado no próximo domingo pelo programa de televisão "60 Minutes", que será transmitido pela rede de televisão "CBS". De acordo com a fonte jornalística, a opção de compra foi garantida a Beckham e a seu manager, Simon Fuller, mas antes o jogador inglês terá que terminar seu contrato na temporada de 2011. Nenhuma das pessoas que lidam com os negócios do jogador - que se prepara para disputar a partida de número 100 com a seleção da Inglaterra, contra à França em amistoso na próxima semana - quis fazer comentários sobre o relatório jornalístico. A organização do Galaxy nem o escritório da MLS quiseram fazer comentários sobre a suposta opção de compra de Beckham, por considerar que se trata de algo privado e portanto não tem que passar para o nível público. Um porta-voz do Galaxy se limitou a dizer à Agência EFE que sua única preocupação era o começo da nova temporada e que sua equipe chegue em plenitude de forma.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.