Divulgação
Divulgação

Beira-Rio recebe segundo telão e espera por vistoria para ter alvará

Sede da Copa do Mundo, estádio deverá ter a sua primeira partida oficial no fim de semana

AE, Agência Estado

10 de fevereiro de 2014 | 18h56

PORTO ALEGRE - Foi finalizada nesta segunda-feira a instalação do segundo telão do novo Beira-Rio, estádio gaúcho para a Copa de 2014 e que deverá ter a sua primeira partida oficial no fim de semana. De acordo com o Internacional, o placar de 86m² fica atrás da baliza localizada à direita das cabines de imprensa, no mesmo lugar onde ficava o antigo telão.

Também nesta segunda-feira será realizado um teste de iluminação do Beira-Rio. Nesta terça-feira, o Corpo de Bombeiros vai checar as "pequenas adaptações" que o Inter diz que fez desde a última vistoria, na sexta-feira passada, para enfim receber um alvará provisório para o estádio.

No fim de semana foi concluída a instalação das 65 folhas opacas, finalizando a cobertura do estádio colorado. Construída em estrutura metálica, a cobertura protege todos os assentos do estádio, incluindo ainda as rampas e os acessos aos portões.

Segundo o Inter, uma reunião nesta terça com representantes dos Bombeiros, da Brigada Militar e do Ministério Público "acertará os detalhes para a realização do evento-teste" no estádio, que terá capacidade para receber 10 mil pessoas, apenas.

O clube gaúcho já havia marcado a reabertura do Beira-Rio para o dia 29 de janeiro, num jogo contra o São Paulo-RS, mas se viu obrigado a adiar o evento por causa da interdição do catwalk (passarela técnica de manutenção) pela Delegacia Regional do Trabalho, o que impossibilitou a finalização da instalação e teste dos refletores. Sem isso, não havia como conseguir o alvará.

Depois de realizar o primeiro evento-teste para 10 mil pessoas, o clube pretende ir ampliando jogo a jogo a capacidade de público do Beira-Rio. A previsão é de que, na segunda partida, ainda sem data definida, já entrem 20 mil pessoas no estádio, capacidade que subiria para 26 mil torcedores no jogo seguinte. Só depois seria reaberto o anel superior.

De acordo com o Internacional, o clube aguarda a agenda da presidente Dilma Rousseff para definir o evento oficial de entrega do estádio. Antes do Beira-Rio, foram abertos os seis estádios utilizados nas Copa das Confederações e também a Arena Dunas, que recebeu a presidente para sua inauguração.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.