Beletti vive seu calvário no Villareal

Muda o continente, mas as coisas continuam as mesmas. O brasileiro Beletti, ex-São Paulo, campeão do mundo na Copa da Coréia/Japão, caiu em desgraça junto à torcida do Villareal, equipe em que joga na Espanha. Beletti foi apontado como o culpado pelo pênalti que determinou a reação do La Coruna contra sua equipe. O Villareal vencia por 1 x 0 quando a falta foi marcada pelo árbitro, em jogada considerada polêmica. O La Coruna empatou o jogo e acabou vencendo: 1 x 2. A derrota colocou o jogador brasileiro no centro de um furacão que o está desnorteando. Segundo o jogador, existe até uma perseguição por parte da imprensa. ?Acho que o único problema são os resultados e o fato de que a equipe não está fazendo gols. Mas não sou só eu, é toda a equipe. Mas parece que quando o time perde, o culpado sempre sou eu?, lamentou-se. Segundo o jogador brasileiro, o que tem mantido seu equilíbrio é o fato de contar com o apoio de seu treinador. ?Eu faço o meu trabalho, o técnico está contente com o meu trabalho e por isso estou tranquilo?, completou. Beletti vem atuando em algumas posições no Villareal que não são as suas de origem. O jogador surgiu no Cruzeiro como volante e nessa posição foi chamado para a seleção brasileira. Posteriormente, no Atlético Mineiro e no São Paulo atuou na lateral direita. Principalmente no São Paulo, seu desempenho nessa posição o colocou como um dos preferidos do técnico Felipão. No Villareal ele iniciou como lateral, já atuou no meio campo, mas chegou até a ser deslocado para a zaga. O Villarreal está em décimo primeiro lugar no campeonato espanhol, com 31 pontos, 20 a menos do que o líder, o Real Madrid.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.