Marcelo Ximenez|Estadão
Marcelo Ximenez|Estadão

Ex-presidente Belluzzo é suspenso por um ano do Palmeiras

Economista é condenado por má gestão no comando do clube

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

24 de maio de 2016 | 01h12

O ex-presidente Luiz Gonzaga Belluzzo foi suspenso por um ano pelo Conselho Deliberativo do Palmeiras nesta segunda-feira. A suspensão ocorre por irregularidades à frente do clube e má gestão.  Assim, o ex-presidente perde o direito de votos nos Conselhos Deliberativo e de Orientação Fiscal e também fica impedido de participar das decisões administrativas. Belluzzo deverá recorrer na Justiça.

Belluzzo teve as contas de seu último ano de gestão reprovadas pelo Conselho. Ele dirigiu o clube entre 2009 e 2010. O economista foi um dos idealizadores dos projeto do Allianz Parque, entretanto, sua gestão ficou marcada por gastos excessivos, principalmente com o futebol.

Outro que também seria julgado nesta segunda-feira, o ex-presidente Arnaldo Tirone, protocolou um requerimento para exclusão do item da pauta, alegando negativa de vistas ao processo de sindicância contra ele e terá 15 dias para apresentar a defesa.

Os dirigentes Salvador Hugo Palaia, Gilberto Cipullo e Francisco Busico Júnior também foram julgados, mas acabaram sendo absolvidos de qualquer acusação.  Durante a reunião, chegou-se a sugerir uma punição semelhante para todos os envolvidos, mas a votação acabou sendo individual e apenas Belluzzo foi punido. 

 

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.