Belluzzo revela preocupação com má fase do Palmeiras

A campanha decepcionante do Palmeiras no Paulistão não deixou apenas os torcedores do time preocupados. Nesta quinta-feira, o presidente Luiz Gonzaga Belluzzo também admitiu a impressão ruim deixada pela derrota para o Paulista, na despedida do Estadual. "Não pode ter um rendimento tão baixo como teve. Nós vamos ter que ver o que está acontecendo porque a coisa está preocupante", disse.

AE, Agência Estado

08 de abril de 2010 | 21h14

Mas o presidente palmeirense fez questão de absolver o treinador pelo mau rendimento nos últimos jogos. "Não podemos julgar o Antônio Carlos pelo pouco tempo que ele teve para treinar o time. Precisa dar tempo para ele treinar e incorporar os jogadores que estão chegando", alegou Belluzzo. "Vamos esperar um pouquinho e ver se as coisas se encaixam."

Além do técnico, o presidente também defendeu o elenco do Palmeiras. "Ninguém pode dizer que os jogadores são de má qualidade. Você tem um problema de entrosamento, de forma de jogar, que você vai ganhar com o tempo", afirmou, citando as recentes chegadas de Bruno Paulo e Paulo Henrique, além das poucas atuações feitas por Ewerthon e Lincoln, principais reforços depois do início do ano.

Para a sequência da temporada, Belluzzo prometeu a chegada de mais reforços, incluindo jogadores "de ponta", e uma boa campanha no Brasileirão. "Nós precisamos preparar o time para ganhar a Copa do Brasil e para disputar bem o Brasileiro. Tem gente dizendo que o Palmeiras vai para a segunda divisão. Não vai. O Palmeiras vai disputar o título", garantiu o mandatário.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.