Benazzi deixa a Portuguesa após derrota para a Ponte

Benazzi deixa a Portuguesa após derrota para a Ponte

Treinador é o quinto técnico demitido pela Portuguesa nesse ano; Zé Augusto, comandante do Sub-20 do clube, assume interinamente

Estadão Conteúdo

18 de outubro de 2014 | 17h53

Virtual rebaixada à Série C do Campeonato Brasileiro, a Portuguesa sofreu mais uma baixa. Depois de ver o time perder por 3 a 0 para a Ponte Preta em pleno Canindé, na noite da última sexta-feira, o técnico Vágner Benazzi, acompanhado de toda a comissão, se reuniu com a diretoria e, em comum acordo, acertou a sua saída. Ele tinha vindo para a Lusa do Guarani como a esperança de salvar o clube paulistano da queda.

Diferente de suas outras passagens pela Portuguesa, em que mesmo com um elenco reduzido conseguiu ter sucesso no clube, o treinador se viu como comandante de um elenco inchado de 45 jogadores e chegou inclusive a pedir novas contratações e dispensas de outros.

De início, o técnico iniciou o seu trabalho todo focado na missão de livrar o time do rebaixamento, mas diante de tantos problemas, não conseguiu tirar a Portuguesa da zona de degola.

Benazzi foi o quinto técnico da Lusa nesta temporada. Antes dele passaram pelo clube Guto Ferreira, Argel Fucks, Marcelo Veiga e Silas Pereira. Nenhum destes conseguiu ter sucesso.

Com a saída de Benazzi, o técnico do Sub-20, Zé Augusto, que já tem passagens pelo Corinthians, comandará o time diante do Paraná na próxima terça-feira, às 19h30, em Curitiba. A Portuguesa é a lanterna da Série B, com apenas 21 pontos, estando virtualmente rebaixada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.