Benazzi esquece empate da Portuguesa e mira Ipatinga

O técnico Vágner Benazzi acreditava que a Portuguesa poderia ter saído com uma vitória diante da Ponte Preta. Mas com o empate, na última terça-feira, na Arena Barueri, não sobrou mais nada a fazer a não ser planejar o próximo desafio.

AE, Agencia Estado

16 de setembro de 2009 | 19h19

"Foi um bom jogo. As duas equipes procuraram a vitória, mas, infelizmente, não conseguimos os três pontos. Agora é pensar no jogo de sábado contra o Ipatinga", declarou o treinador. O confronto será novamente em Barueri porque o Canindé continua interditado.

Contra os mineiros, Benazzi não poderá contar com o atacante Zé Carlos, expulso contra a Ponte Preta, e com o meia Preto, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Os substitutos não estão definidos. Em quatro jogos sob o comando de Benazzi, a Lusa somou três vitórias e um empate.

Com o resultado, a Portuguesa ainda ganhou uma posição e agora figura na quinta colocação, com 38 pontos, cinco a menos que o Ceará, o quarto colocado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.