Benazzi faz mistério no Criciúma

O técnico Vagner Benazzi vai fazer do mistério sua principal arma para acabar com o "tabu" entre Criciúma e São Caetano, no jogo que realizam amanhã, 20h30, no Estádio Heriberto Hülse, no Sul de Santa Catarina, pela quinta rodada do returno do campeonato brasileiro. Nos cinco confrontos da história entre os clubes, desde 1999, os paulistas venceram todos, inclusive os disputados em Criciúma. Somente momentos antes da partida, Benazzi vai definir quem será o lateral direito e os homens que completarão o meio de campo e ataque. Luiz Paulo, vetado pelos médicos em virtude de uma lesão muscular, pode ser substituído por Saulo, um meia de ligação que já foi improvisado na posição; mas o reserva imediato, Alex, que não atravessa uma boa fase, integra o grupo de atletas relacionados pelo treinador para a concentração, que começou na noite de segunda-feira. Na lateral esquerda a novidade é Baroni, que vai substituir Luciano Almeida, que teve lesão muscular na partida de sábado passado contra o Botafogo e deve ficar de fora por duas semanas, no mínimo. Athos, que cumpriu suspensão automática na última rodada, no treino coletivo apronto de hoje pela manhã, jogou mais avançado, no ataque e Rafael integrou o meio de campo como terceiro volante. Ceará, contratado do Belenenses de Portugal, não trabalhou hoje. Está sendo tratado de uma contratura muscular na panturrilha da perna esquerda e é dúvida para jogar ao lado de Marcos Denner, posição que pode ser ocupada por Athos.

Agencia Estado,

31 Agosto 2004 | 18h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.