Bendtner é multado e perde habilitação por embriaguez

O atacante dinamarquês Nicklas Bendtner, da Juventus, continua sofrendo as consequências por ter sido flagrado dirigindo embriagado, no último domingo, em Copenhague. Depois de a Federação Dinamarquesa de Futebol ter anunciado na última segunda-feira uma suspensão de seis meses da seleção do país, o jogador foi condenado nesta terça por um tribunal da Dinamarca a pagar uma multa de 842 mil kroner (cerca de US$ 147 mil) pela condução sob efeito de álcool e ainda teve a sua licença para dirigir suspensa por três anos.

AE-AP, Agência Estado

05 de março de 2013 | 13h47

Bendtner se declarou culpado por ter dirigido alcoolizado quando foi parado pela polícia, no domingo pela manhã, após uma noitada na Dinamarca. O tribunal que aplicou a multa e suspendeu a habilitação do jogador do clube italiano disse que a quantidade de álcool encontrada no sangue do atleta, submetido ao teste do bafômetro, foi 3,5 vezes maior do que a permitida por lei em seu país.

Depois do veredicto anunciado pelo tribunal de Copenhague, Bendtner lamentou o que chamou de "o pior dia da minha vida". O deslize cometido fora de campo, por sinal, deixará o jogador fora da seleção dinamarquesa das duas próximas partidas das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014, contra República Checa e Bulgária, marcados para acontecer neste mês, e também contra a Armênia, em junho.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolNicklas Bendtner

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.