Alejandro Pagni/AFP
Alejandro Pagni/AFP

Benedetto perdeu a Copa por lesão e fez primeiro gol no ano contra o Palmeiras

Atacante argentino se supera após grave contusão e deixa o Boca Juniors perto da decisão da Copa Libertadores

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

25 Outubro 2018 | 05h01

Darío Benedetto marcou os dois gols do Boca Juniors na vitória sobre o Palmeiras, em La Bombonera. Ele não fazia um gol há 339 dias, por causa de uma lesão que fez com que ele não fosse sequer inscrito na primeira fase da Libertadores e uma outra contusão o tirou da briga para ser convocado para a Copa do Mundo da Rússia. Hoje, ele é referenciado pela torcida do Boca e pode fazer história por levar sua equipe para mais uma decisão.

O atacante de 28 anos vivia um momento muito bom com a camisa do Boca Juniors quando, no fim de 2017, sofreu um rompimento do ligamento cruzado anterior do joelho direito. Antes da lesão, ele era o artilheiro do Boca e constantemente convocado para a seleção da Argentina. 

A lesão fez com que ele perdesse a chance de ir para a Copa do Mundo, mas novo desafio estava para surgir. Voltando da grave contusão, ele teve um novo problema. Dessa vez, sofreu uma tendinite no tendão de Aquiles do tornozelo esquerdo e ficou fora da primeira fase da Libertadores, para se recuperar da lesão. 

Como tem voltado aos poucos a jogar, ele não tem sido titular e Schelotto opta por Ábila, como aconteceu diante do Palmeiras. Para o jogo no Allianz Parque, quarta-feira que vem, provavelmente o artilheiro do primeiro jogo deverá continuar no banco de reservas. Mas se precisar, pode entrar e tentar mais uma vez atrapalhar a vida dos comandados de Felipão.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.