Juan Medina/Reuters
Juan Medina/Reuters

Benfica bate Atlético de Madrid de virada e lidera o Grupo C

Jogo foi interrompido por confusão envolvendo sinalizadores

Estadão Conteúdo

30 de setembro de 2015 | 18h05

O Benfica fez bonito nesta quarta-feira ao vencer o Atlético de Madrid por 2 a 1, de virada, na capital espanhola, e assumir a liderança isolada do Grupo C da Liga dos Campeões. O bom resultado levou o time português aos seis pontos, deixando a equipe comandada por Diego Simeone no segundo lugar, com três.

O Atlético vinha embalado de um bom triunfo por 2 a 0 sobre o Galatasaray, na Turquia, em sua estreia nesta edição da principal competição interclubes do mundo, mas desta vez não conseguiu fazer valer o fator campo para seguir invicto.

Já o Benfica, que abriu campanha no Grupo C batendo o Astana, do Casaquistão, por 2 a 0, em Portugal, se manteve com 100% de aproveitamento e ganhou ainda mais moral para encarar o Galatasaray, no próximo dia 21 de outubro, na Turquia, na terceira rodada da chave. No mesmo dia, o Atlético voltará a atuar no Vicente Calderón para se redimir em confronto com o time casaque.

Na partida desta quarta, a equipe madrilenha saiu na frente com um gol aos 23 minutos do primeiro tempo. Após cruzamento da direita, Antoine Griezmann escorou de cabeça para o argentino Ángel Correa receber nas costas da zaga e chutar à esquerda do goleiro Julio Cesar, que ainda tocou na bola antes dela entrar na meta.

O Benfica, porém, reagiu rápido e empatou o jogo ainda na primeira etapa, aos 35 minutos. Depois de cruzamento da direita, a zaga cortou mal e a bola sobrou limpa para o também argentino Nicolás Gaitán entrar batendo de primeira, cruzado, sem chances para o goleiro Jan Oblak.

E após o gol de empate da equipe portuguesa o jogo chegou a ser interrompido por alguns minutos devido a sinalizadores lançados pela torcida no campo do Vicente Calderón. Os artefatos foram arremessados por torcedores do Benfica localizados no anel superior do estádio. Além do risco causado aos torcedores do Atlético que estavam no anel inferior, onde parte dos sinalizadores caiu, ainda houve um pequeno incêndio iniciado pelo contato de chamas desses objetos com placas de publicidade. O fogo foi rapidamente controlado pela equipe de segurança.

Já no segundo tempo, a virada do Benfica veio já aos 5 minutos. Gaitán fez bela jogada pela direita, na qual se livrou de dois marcadores, e cruzou para o português Gonçalo Guedes receber no segundo pau e tocar na diagonal para as redes, mais uma vez bem fora do alcance do goleiro Oblak.

Além de Julio Cesar, outros três brasileiros estiveram em campo pelo Benfica na vitória desta quarta: o zagueiro e capitão Luisão, o também defensor Jardel e o atacante Jonas, este último substituído por Pizzi nos minutos finais.

Horas mais cedo, no primeiro jogo do dia pela Liga dos Campeões, Astana e Galatasaray empataram por 2 a 2, no Casaquistão, e somaram o primeiro ponto de cada time no Grupo C da competição continental.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.