Benfica contrata Freddy Adu, promessa do futebol dos EUA

Jornal afirma que o clube português oferece cerca de R$ 5,2 milhões por jovem de apenas 18 anos

29 de julho de 2007 | 10h14

O Benfica acertou a contratação do jovem atacante norte-americano Freddy Adu, eterna promessa do país que defendia o Real Salt Lake, informou em sua edição deste domingo o jornal esportivo português A Bola. Adu, nascido em Gana e criado nos Estados Unidos, era cobiçado por Inter de Milão, Arsenal e Chelsea, entre outros clubes. Porém, sua mãe se negava a deixá-lo acertar sua transferência para o futebol europeu até que completasse 18 anos, o que aconteceu no último dia 2 de junho.  Segundo a publicação, o jogador recebeu US$ 1 milhão (cerca de R$ 2 milhões) de uma empresa de material esportivo quando tinha apenas 13 anos.  Em abril de 2004, aos 14 anos, ele se tornou o mais jovem jogador de todos os tempos a atuar na MLS (Major League Soccer, Liga de futebol dos EUA).  O jornal informou que o Benfica ofereceu 2 milhões de euos (cerca de R$ 5,2 milhões) pelo passe de Adu. O norte-americano é esperado em Lisboa nesta segunda-feira, e assinará um contrato por cinco temporadas.

Tudo o que sabemos sobre:
Freddy AduBenfica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.