Benítez ainda é o técnico da Inter de Milão, diz presidente

Continuava reinando na terça-feira a confusão sobre o futuro do técnico Rafael Benítez na Inter de Milão, depois de o presidente Massimo Moratti desmentir os persistentes rumores de que o espanhol teria sido demitido.

REUTERS

21 de dezembro de 2010 | 20h38

Benítez assumiu a Inter em junho, mas poderia ser demitido por causa dos maus resultados no Campeonato Italiano e das críticas à falta de ambição do time, que foi campeão do Mundial Interclubes no sábado.

"No momento, o técnico da Inter ainda é Benítez", disse Moratti a jornalistas. "Não entrei em contato com nenhum outro técnico."

O brasileiro Leonardo, que deixou em maio o cargo de treinador do Milan, após apenas uma temporada, se tornou o favorito para suceder Benítez na Inter, especialmente depois de o Zenit de São Petersburgo anunciar que não abriria mão de Luciano Spalletti. Walter Zenga, ex-goleiro da Inter, também tem sido citado.

Moratti qualificou de "piada" os rumores sobre a contratação de Leonardo.

O próprio Benítez disse na segunda-feira estar surpreso com os rumores sobre sua iminente demissão.

(Reportagem de Mark Meadows)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTBENITEZINTER*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.