Alvaro Barrientos/ AP
Alvaro Barrientos/ AP

Benzema conhecerá em novembro sentença em caso de chantagem com vídeo de sexo a ex-colega de seleção

Data é anunciada um dia após Ministério Público da França pedir dez meses de prisão ao atacante do Real Madrid por cumplicidade em escândalo contra o meia Valbuena

Redação, Estadão Conteúdo

22 de outubro de 2021 | 13h12

A sentença do caso envolvendo do atacante Karim Benzema, do Real Madrid, acusado de cumplicidade em chantagem contra o ex-companheiro de seleção francesa Mathieu Valbuena, será conhecido no próximo dia 24 de novembro. O anúncio da data foi feito nesta sexta-feira em audiência preliminar, em Paris.

Na data marcada se saberá se o Tribunal Correcional de Versalhes, nos arredores da capital da França, aceitará o pedido da Procuradoria Francesa, que pediu pena de 10 meses de prisão para o atacante, mas com cumprimento suspenso, além de multa de 75 mil euros (aproximadamente R$ 500 mil na cotação atual).

A defesa de Karim Benzema, por sua vez, argumentou solicitando a absolvição do jogador, por considerar que não existem provas materiais dos crimes de que ele é acusado. O atacante do Real Madrid, de 33 anos, é acusado de fazer parte da tentativa de chantagem a Mathieu Valbuena com um vídeo com conteúdo sexual, em delito que teria outros envolvidos, que também estão respondendo na Justiça.

Nesta quinta-feira, o advogado de Karim Benzema, Sylvain Cormier, garantiu que o jogador ficou "surpreso e escandalizado" com o pedido da Procuradoria Francesa com a pena de prisão isenta de cumprimento e de multa pelo caso.

Karim Benzema está no centro das atenções nas últimas semanas por ser um dos candidatos à Bola de Ouro, prêmio dado pela revista France Football ao melhor jogador da temporada. O jogador vive de fato um momento muito bom na carreira e é o grande nome do atual elenco do Real Madrid. Na temporada passada foram 30 gols e nove assistências em 46 jogos disputados, o que faz o francês ser um dos favoritos ao prêmio de melhor do mundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.