Eloy Alonso/Reuters
Eloy Alonso/Reuters

Benzema diz que gostou da saída de Cristiano Ronaldo do Real: 'Eu era coadjuvante'

Atacante afirma que após ida de português para a Juventus, passou a ter a responsabilidade de marcar os gols do time espanhol

Redação, EFE

25 de fevereiro de 2019 | 17h21

O atacante Karim Benzema admitiu em entrevista à revista "France Football" que se sente mais livre no Real Madrid na atual temporada, após a saída de Cristiano Ronaldo para a Juventus, e disse gostar da responsabilidade de ser referência do ataque.

"Eu era um ator coadjuvante. Agora sou eu quem tem que mostrar que quero marcar gols, que quero impulsionar minha equipe. E é disso que eu gosto", disse o centroavante em prévia de uma entrevista que será publicada nesta sexta-feira pelo periódico francês.

"Até a temporada passada, eu jogava em função de Cristiano e fazia isso sem cessar, com o objetivo de ajudá-lo a conseguir ainda mais gols", acrescentou o camisa 9 do Real.

Na capa da revista, Benzema diz que gosta da vida que leva, que tem jogado o seu verdadeiro futebol e que se sente "mais legítimo", tendo a impressão de voar.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.