Charles Platiau/Reuters
Charles Platiau/Reuters

Benzema encerra jejum e França goleia Austrália

Em partida amistosa, disputada em Paris, seleção europeia venceu por 6 a 0

AE, Agência Estado

11 de outubro de 2013 | 19h33

Em meio à briga por uma vaga na Copa do Mundo de 2014, a seleção francesa goleou a Austrália nesta sexta-feira, em amistoso realizado em Paris. Tão comemorado quanto o triunfo por 6 a 0 foi o gol do atacante Karim Benzema, que fez o último da tranquila vitória e voltou a marcar com a camisa de seu país após 15 partidas de jejum.

Sem menor dificuldade, a França abriu o placar logo aos oito minutos, em pênalti cobrado por Ribery. Na sequência, Giroud, que atuou como titular deixando Benzema no banco, marcou duas vezes, aos 16 e aos 27, dando mostras de que a vitória em breve se tornaria goleada.

Foi o que aconteceu aos 29, quando Cabaye deixou sua marca. No segundo tempo, o time francês não diminuiu o ritmo e marcou mais duas vezes. Aos três minutos, com Debuchy, e aos cinco, com Benzema, que desviou cruzamento preciso de Ribery para encerrar o jejum. Só então os donos da casa tiraram o pé do acelerador e administraram o resultado.

Nas Eliminatórias Europeias, no entanto, a França vive situação difícil e deve ir para a repescagem, já que é segunda colocada no Grupo I, atrás da Espanha, a uma rodada para o fim. Já a Austrália, garantida no Mundial, deu mais uma mostra de sua fragilidade depois de ter sido goleada pelo mesmo placar de 6 a 0 pelo Brasil em setembro.

SÉRVIA BATE JAPÃO - Outra seleção já garantida na Copa que perdeu em partida amistosa nesta sexta foi o Japão. Atuando em casa, a Sérvia venceu por 2 a 0, com gols de Tadic e Jojic. Apesar da vitória, os sérvios fazem campanha ruim nas Eliminatórias não tem mais chances de classificação para o Mundial do ano que vem.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolamistosoFrançaAustrália

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.