Matthieu Alexandre/AFP
Matthieu Alexandre/AFP

Benzema volta para a Espanha e retoma treinos no Real Madrid

Jogador passou uma noite detido na França pelo 'caso Valbuena'

Estadão Conteúdo

05 de novembro de 2015 | 18h45

Poucas horas após ser liberado pela Justiça francesa, o atacante Karim Benzema voltou para a Espanha e retomou os treinos no Real Madrid. O jogador francês passou a noite sob custódia da polícia e, antes de ser liberado, foi informado de que se tornou réu no caso de chantagem do qual seu compatriota e companheiro de seleção Mathieu Valbuena é vítima.

No início do dia, havia a expectativa sobre o retorno de Benzema à Espanha. Em tese, por orientação da Justiça francesa, ele não poderia deixar a França. No entanto, retornou normalmente à capital Madri e até treinou com os companheiros de time. O Real chegou a publicar notícia sobre o retorno do jogador aos trabalhos, com foto em seu site e redes sociais.

O clube informou que Benzema deu sequência a sua recuperação física. O jogador, que se recupera de problema muscular, correu no gramado e fez exercícios com bola. Em nota, o presidente Florentino Pérez disse ter se reunido com o atleta, quando demonstrou "total apoio e confiança em sua inocência".

O atacante se tornou réu na Justiça francesa por fazer parte de uma chantagem cujo alvo é Valbuena. O meia acionou a Justiça recentemente para investigar um caso de chantagem que envolve um vídeo íntimo. Pela denúncia, feita em junho passado, o jogador teria recebido uma ligação anônima quando se encontrava concentrado com a seleção francesa. Na ligação, uma pessoa cobrava o pagamento de 150 mil euros em troca da não divulgação na internet de um vídeo erótico em que o atleta apareceria com sua namorada.

O caso ganhou maior repercussão porque durante a investigação surgiram os nomes de Benzema e veterano atacante Djibril Cissé em escutas telefônicas. À Justiça, ele teria admitido a participação na chantagem, mas de forma "inconsciente". Segundo a imprensa francesa, ele reconheceu "ter intervido e dialogado com Valbuena a pedido de um amigo de infância, que teria sido abordado por três bandidos que teriam posse de um vídeo sexual", de acordo com fonte citada pelos jornais locais.

"Benzema declarou ter concordado com seu amigo de infância sobre o que deveria dizer para que seu colega de seleção negociasse exclusivamente com ele." O jogador teria afirmado ainda ter "querido ajudar seu amigo", sem perceber que estaria participando de um esquema de chantagem contra Valbuena.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.