Berlusconi diz que Milan não precisa de Ronaldinho

Dirigente diz que não há necessidade de contratar brasileiro; Milan anuncia a vinda de Flamini, do Arsenal

EFE

04 de maio de 2008 | 14h44

O presidente do Milan, Silvio Berlusconi, disse neste domingo que o clube não precisa do brasileiro Ronaldinho Gaúcho, do Barcelona, enquanto Adriano Galliani, vice-presidente, anunciou a contratação do volante francês Mathieu Flamini, do Arsenal.  Berlusconi, que assistiu ao jogo deste domingo entre Milan e Inter de Milão, afirmou que "sempre" duvidou sobre a necessidade de contratar Ronaldinho Gaúcho. "A esta altura acho que não precisamos dele", disse o dirigente à imprensa italiana.  Também neste domingo Galliani anunciou a contratação do meia Flamini, do Arsenal. O jogador, de 24 anos, assinará um contrato de cinco anos com o Milan e chegará à Itália esta noite.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.