Berlusconi diz que será difícil manter Kaká no Milan

O proprietário do Milan e primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, afirmou neste sábado que será difícil manter o meia Kaká no clube italiano. O Manchester City ofereceu 100 milhões de libras, cerca de R$ 340 milhões, para contratar o brasileiro, além do salário anual de 15 milhões de euros (R$ 46 milhões)."Ainda não foi decidido nada, mas é muito difícil tentar manter alguém que vai ganhar estas cifras", declarou Berlusconi à imprensa italiana. Caso a transação seja confirmada, será a maior negociação da história do futebol. Kaká foi autorizado pelo Milan a negociar, mas está hesitante e disse que deseja "envelhecer no Milan", além de já ter "recusado outras ofertas". Apesar disso, Na quinta-feira o auxiliar técnico do Manchester City, Mark Bowen, mostrou otimismo na contratação. "Estamos vendendo a ele nossos planos para o clube. Lemos muito sobre suas declarações de amor ao Milan e é claro que isso interfere, mas ainda estamos esperançosos de ver a negociação dar certo", explicou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.