Arquivo/AE
Arquivo/AE

Berlusconi manda escalar Ronaldinho Gaúcho no ataque

'Ele é nosso Usain Bolt. Tem que estar na área, onde pode fazer coisas extraordinárias', disse o presidente

AE, Agencia Estado

18 de agosto de 2009 | 10h24

O primeiro-ministro italiano e proprietário do Milan, Silvio Berlusconi, deu ordens ao brasileiro Leonardo, técnico do time, para que escale Ronaldinho Gaúcho no ataque da equipe a partir de agora.

Veja também:

linkMilan derrota Juventus nos pênaltis e volta a vencer

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Berlusconi afirmou que é um "desperdício" Ronaldinho atuar no meio-campo e foi além ao comparar o jogador brasileiro com o fenômeno jamaicano Usain Bolt, que acaba de quebrar o recorde dos 100 metros rasos no Mundial de Atletismo.

"O nosso Usain Bolt? Chama-se Ronaldinho, que era o sonho dos atletas de todo o mundo e pode voltar a ser aquele de antes. Ele tem que estar na área, é uma ordem categórica. Ronaldinho deve jogar onde pode fazer coisas extraordinárias", afirmou Silvio Berlusconi, que, após a ida de Kaká para o Real Madrid, aponta Ronaldinho Gaúcho como o homem capaz de recolocar o Milan em um lugar de "destaque na Itália e na Europa".

O dirigente fez os comentários sobre Ronaldinho depois de ver o Milan empatar por 1 a 1 com a Juventus, no estádio San Siro, em Milão, e vencer nos pênaltis por 6 a 5, na última segunda-feira, na final do torneio amistoso que homenageia o seu pai, Luigi Berlusconi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.