Bernard deixa treino com dores e preocupa seleção

O atacante Bernard passou a semana sofrendo nos treinos da seleção brasileira. Franzino, levou a pior na maioria das jogadas divididas em coletivos e mesmo treinamentos táticos e neste sábado acusou os golpes: deixou o treino antes do final, com dores no tornozelo direito.

ALMIR LEITE, Agência Estado

31 de maio de 2014 | 14h14

Bernard, de 1,63 metro e 63 quilos, se machucou após uma dividida com Paulinho, na primeira etapa do coletivo. Ele puxava um contra-ataque da equipe reserva, quando o ex-corintiano chegou para a cobertura. Na dividida, os dois foram para o chão.

Atendido, o atacante ainda prosseguiu no treino, mas com expressão de dor. Depois, já no início do segundo tempo, após puxar um contra-ataque, deixou o gramado sinalizando estar sentindo, sentou-se no banco de reservas e foi atendido por médico e massagista.

Alguns minutos depois, já descalço, levantou-se e se dirigiu, mancando, para o prédio onde ficam os vestiários, academia e salas de recuperação.

A CBF ainda não deu detalhes sobre o problema de Bernard. Aparentemente não há gravidade, mas é visível a preocupação que o jogador do Shakhtar Donetsk ucraniano tem mostrado em não se arriscar em divididas. No treinos da semana, foi ao chão várias vezes, inclusive após jogadas um pouco mais duras em atividades de dois toques.

Neste sábado, escapou, pulando, de divididas com David Luiz e Daniel Alves. Mas não conseguiu evitar ser atingido por Paulinho.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014futebolBrasilBernard

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.